quinta-feira, 14 de agosto de 2008

A indescritível sensação de um bom dia

Um bom dia onde você faz um conjunto de prova tranqüilas, termina cedo, ri com seus companheiros de sala até ser liberada. Um bom dia onde você passa o resto da manhã dando voltas sem propósito com aquele grupo de pessoas que exalam algo que você não sabe o que é, mas é muito bom de sentir. Um bom dia onde você tem que forçar o almoço a atravessar seu sorriso. Um bom dia cheio de trilhas sonoras, cheiros e cores diferentes. Um bom dia onde, mesmo falando outra língua, você se sente confortável. Um bom dia cheio de situações inventadas com finais bizarros e inesperados. Um bom dia onde você encontra aquelas pessoas que, por menos que vocês tenham convivido, deixam algo em você. Um bom dia onde você mata saudades e vontades. Um bom dia onde você não tem preocupações. Um bom dia que vai deixar saudade mesmo com a certeza de que outros bons dias virão.

6 comentários:

I! disse...

Um dia em que você descobre que se fosse um cara seria um filho da puta,gostosão e comedor de garotinhas inocentes é sempre um bom dia :D

Seph disse...

issu que eu xamo de definir um bom dia .-.

I! disse...

É a opnião de todo mundo,inclusive a minha.

D. disse...

É, todos os dias que agnt passa juntas é um bom dia, impressionante. :)

I! disse...

"(..)quando pensamos que conhecemos uma pessoa por inteiro e achamos que sabemos o que é melhor pra ela, nós deveriamos tentar lembrar que não sabemos nem mesmo o que é melhor para nós."
Hay.

Nina Ridd disse...

um bom dia pra vc, lindinha. =)