terça-feira, 19 de agosto de 2008

Peguei meu tubarão de pelúcia, o Flávio, e sentei na beirada da janela, o céu estava azul que nem água e o vento cheirava engraçado, cheirava meio mar. Pulei pr'o jardim e comecei a correr com o Flávio.
- O que está fazendo? - Aquele menino engraçado da outra casa gritou pela grade.
- Brincando com o Flávio.
- O tubarão?
- É, quer brincar?
Ele pulou a grade com um barquinho na mão e veio até mim.
- Vamos brincar de pirata?
- Tá bom, seu tubarão tenta comer meus piratas.
- O Flávio? Ele não come gente .
- Tudo bem, meus piratas matam ele primeiro.
- Por que o Flávio tem que morrer?
- Porque é isso que piratas fazem, matam e roubam. Ah.. e bebem rum.
- Aposto que não, aposto que piratas são legais.
- E o que é mais legal que isso?
- Viver no mar sem ninguém pra mandar em você, sem dever de casa e fazendo o que quiser.
- Tanto faz, você nunca vai saber, você não pode ser pirata.
Ele pegou o barquinho e foi até a cerca.
- Posso sim!
- Não pode, você é menina!
- E você é.. é.. eu vou te mostrar! - Corri p'ra casa chorando e foi assim que tudo começou.

6 comentários:

D. disse...

Lógico que meninas podem ser piratas!pff!

Seph disse...

ja tem marujos. Jack ao seu dispor ma'am

I! disse...

I'm the cap'n,nem vem que não tem!Sai pra lá,Marcus,nossa tripulação já tá completa u.u

I! disse...

E essa foto do momento feiosa?Eu gostava mais da outra u.u

Nina Ridd disse...

"loike a poirate, arrr?" lov u, my little thing

I! disse...

Porra,brigada.Sério :)
Gata,você é reprimida,lembra?Duh.
Correr?Bora?