segunda-feira, 17 de novembro de 2008

Colagem

Escrever direto no blog é ruim, a gente fica com 'as pessoas vão ler' na cabeça. Bom mesmo é escrever no caderno ou até no Word. Acho que esse é meu grande problema.


E eu aqui te esperando voltar dessa grande viagem de última hora na qual você se meteu, quando as coisas são assim impulsivas a gente sente tudo mais forte. Você não pensou em mais ninguém ao planejar isso tudo, não é? Pois é, sinto a tua falta. Achei que você deveria saber, eu teria dito antes de você ir se você tivesse dado um aviso prévio.

Os dias estão passando meio tortos, incompletos, mas estão passando, você ainda pensa na’gente, não pensa? Ah, eu vi uma coisa no sábado e superlembrei de você, foi demais. A gente pode sair pra brincar na chuva quando você voltar, não pode? Porque.. você volta, não volta? Não volta?

O que você tem feito? Aposto que ainda tem cantado nossas músicas de vez em quando. Eu tenho. De vez em quando. De vez em quando me pego realizando uma de suas manias, é no mínimo.. engraçado.

Estou ficando sem papel, então.. tenho que ir.

Estou morrendo de saudade, você sabe. Aparece, ta? Eu te amo.

6 comentários:

I! disse...

"Saudade pra você é alegria,prazer?Por que pra mim é sofrimento."
You know that I mean 'Me too'.

D. disse...

eu odeio saudades, fim.

J. disse...

Saudades fazem você perceber o quanto gosta de alguém, não é? às vezes faz bem.

Nem descobri o que era, mas coisas como 'Tortura Lamentável' e 'Tentando Lembrar' me vieram na cabeça 8D

J. disse...

Talvez se tiver soado assim tão cruel, é por quê você não entendeu..

I! disse...

Quem foi que disse que eu sei de alguma coisa?A culpa é toda da convivência,sempre.

I! disse...

A sua cara do momento vai ser um olho roxo se você não parar de me encher o saco.