domingo, 8 de junho de 2008

Fucking princess

Sem essa de princesinha indefesa, sem essa de ficar esperando em castelo enquanto o príncipe atravessa mundos e enfrenta as mais variadas criaturas, por que eu não posso fazer um esforcinho também? Que tal, pelo menos, ir lutando com o dragão enquanto ele chega?
Não. A princesa é sempre a 'peso morto' da parada. Então não quero ser princesa. Não sou princesa.
Diz aí qual a graça em passar meia-vida trancada n'um castelo chato e empoeirado, encontrar o príncipe, cavalgar com ele [nem pra ter um cavalo próprio], chegar n'outro castelo, ser apresentada como 'Minha Princesa Encantada' [lindo, mas onde foi parar meu nome?], casar, ter filhos, cuidar dos pirralhos e envelhecer n'um trono duro? Lembrando que você tem que passar a vida toda com aquele sorriso de Barbie estampado na cara.
Ah, vai se catar, vou virar pirata.

Dá uma olhada. Ignora a mulher, sente a letra.

3 comentários:

I! disse...

Se for pra ser princesa,tem que ser uma princesa fodona e revolucionária,tipo a..Fiona de Shrek :D Ela bate no Robbin Hood no primeiro filme!
Mas mesmo assim..Essa vida de princesa não é pra mim,sou do mar.No mar pra viver.Nasci pra ser pirata,fazer oque?

I! disse...

'difere'?Ui,toda toda usando palavras difíceis de gente grande.

D. disse...

É, essa vida de princesinha é uma merda.E que raios de principe encantado num cavalo branco, todo engomadinho, sem um fio de cabelo fora do lugar, aah, vai se ferrar!Cadê o cabelo jogado na cara, a barba mal feita, o corpo meio suado/molhado?