sábado, 8 de novembro de 2008

Ouvi dizer..

Ele acariciava o rosto dela, seu pescoço e sua nuca, ela girava o anel prateado na mão livre dele.
- Conheci um casal uma vez - ele começou, sussurrando - um cara ruivo, gente fina, e uma mulher linda, morena. Eles eram tipo a gente.
- É? - Ela perguntou sorrindo.
- É.
- E aí?
Ele suspirou.
- Eles se amavam muito, então resolveram morar juntos. Ela virou a artista que queria ser, graças ao apoio de seu belo companheiro, claro, e ele.. ele foi o cara mais feliz do mundo só por estar com ela. Pelo menos foi o que eu ouvi dizer. Ah sim, e ouvi dizer que o sexo era ótimo.
Ela riu.
- Incrível, fantástico! - Ele continuou, rindo com ela.
- E o que mais? - Ela se esticou para beijar o queixo dele.
- Mais? Você precisa de mais que isso?
- Mais que sexo incrível?
- É.
- Claro.
Ele fez cara de ofendido.
- Então eu não basto pra você?
Ela deu um empurrão-carinhoso nele.
- Seu besta, quero saber o que acontece depois. Na história. Com a gen.. com eles. Seus amigos.
- Ah. Bem. Eles moraram juntos um tempo, juntaram uma grana, casaram sem muitas extravagâncias, sabe como é. Fizeram algumas viagens..
Ela deitou no peito dele e fechou os olhos enquanto imaginava tal história e deixava os dedos longos dele se perderem em seus cabelos negros.
- .. e depois de viverem muito la vida loka eles morreram e foram pro céu com todos os anjinhos e aquela veadagem toda. Fim. Juntos pra sempre.
- Ah, você realmente sabe ser romântico quando quer. - Ela zombou ainda deitada no peito dele.
- Sei, ? - Ele riu - Mas gostou da história?
- Nossa vida vai ser assim?
- De onde você tirou que eu estava falando de nós?
- Você acabou de me contar..
- Ah.. bem. Pode ser se você quiser.
- Juntos pra sempre? Por favor. Sem você eu não consigo.
Ele sorriu, os lábios no cabelo dela, na testa dela, nos dela, nela. Eles realmente viveram juntos pra sempre, ou pelo menos foi o que eu ouvi dizer, mas acredito que sim.

4 comentários:

I! disse...

Amor pra sempre existe?

D. disse...

Existe, meus vovôs são a maior prova disso, e eu me orgulho disso. :)

Bee. disse...

Pra sempre? Hm... não sei.

Seph disse...

corrigindo a ila: AMOR existe?