domingo, 19 de setembro de 2010

Você não sabe o quanto dói, e há tanto tempo dói que coisas cada vez menores machucam. E é fácil não agüentar mais, é fácil querer fugir, complicado é encarar, não que eu o tenha feito.. e é fácil pra você se importar depois que eu cheguei ao meu limite, é fácil falar na hora em que você quer falar e me esperar responder, mas eu não tenho mais forças para responder, para respirar, para correr pra ti. Não dessa vez. Você vai ter que usar todas as letras comigo, como eu já fiz contigo, ser implícito e cabeça-dura não é fazer a sua parte, ser sincero com a gente é fazer a sua parte.
Eu te amo demais. A gente sabe que é amor quando dói.